Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - CT > Aviso sobre os períodos para cadastro e validação da frequência complementar de monitoria referente ao período letivo 2017.2
Início do conteúdo da página

Palestra da Profa. Dra. Fernanda Roberta Marciano

Imprimir
Publicado: Terça, 21 de Novembro de 2017, 12h07

Todos os docentes e discentes da Pós-Graduação em Ciência dos Materiais, da Graduação em Engenharia de Materiais e demais interessados estão convidados para a Palestra intitulada "Filmes Finos de Carbono tipo diamante para Aplicações biomédicas" que será ministrada pela Profa. Dra. Fernanda Roberta Marciano no Auditório do PPG em Ciência dos Materiais - CT/UFPI no dia 22 de Novembro de 2017 (Quarta-Feira) às 14:30 horas com duração de aproximadamente 90 minutos.

A Profa. Dra. Fernanda Roberta Marciano possui doutorado em Física e Química de Materiais pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), 2011. Tem experiência no uso da técnica fotoacústica e na produção e caracterização de filmes finos para diferentes aplicações. Possui experiência didático-científica na área de Engenharia de Materiais e Biomédica, em particular na subárea de nanobiomaterias e materiais biocompatíveis. Trabalha na produção e caracterização de filmes finos de carbono-tipo diamante (DLC) contendo nanopartículas visando aplicações biomédicas, aeroespaciais, e contra corrosão.

Resumo do que será abordado nesta Palestra: O estudo de filmes de carbono-tipo diamante (DLC) é atualmente de grande interesse da comunidade científica e tecnológica devido às suas propriedades, como baixo coeficiente de atrito, elevada dureza, estabilidade química, alta aderência a superfícies metálicas com diferentes formas e obtenção em grandes escalas. As suas propriedades podem ser significativamente aumentadas pela presença de nanopartículas em sua estrutura, com substanciais mudanças em suas propriedades tribológicas e mecânicas. O foco desse  trabalho está centrado na obtenção de filmes de DLC com nanoparticulas incorporadas em sua estrutura, a partir de altas taxas de deposição, utilizando um sistema 3D barato e escalonável, o que ainda não tinha sido possível de se obter. As vantagens desse novo filme estão em combinar as propriedades de dureza, baixa rugosidade, coeficiente de atrito e biocompatibilidade, tanto das nanoparticulas escolhidas (diamante nanocristalino e dióxido de titânio) como do DLC, adicionando as possibilidades de obtenção desse novo material híbrido em grandes áreas e altamente aderente aos substratos metálicos. Os resultados mostram: (1) a deposição de filmes de DLC a partir de diferentes líquidos hidrocarbonetos, obtendo assim altas taxas de crescimento; (2) esses líquidos hidrocarbonetos permitem a incorporação de nanopartículas diversas nos filmes pela dispersão de partículas no líquido; (3) filmes de DLC contendo nanopartículas de dióxido de titânio foram produzidos e sua ação bactericida comprovada; (4) filmes de DLC contendo nanopartículas de diamante cristalino foram produzidos pela primeira vez, por um processo totalmente inédito; (5) a homogeneidade dos filmes de DLC contendo nanopartículas de diamante foi avaliada sob diferentes formas de operação (carga e velocidade); (6) uma nova aplicação para os filmes de DLC contendo partículas de diamante foi descoberta: a proteção contra corrosão; (7) esses filmes também mostram-se eficientes contra a tribocorrosão. Dessa forma, espera-se ampliar o potencial de aplicação para a utilização em áreas sujeitas ao atrito em ambiente corrosivo como o corpo humano.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página