Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - PREG > Comunicado CAAP: XV Encontro de Apresentação do Programa de Monitoria da UFPI e do módulo de monitoria do SIGAA
Início do conteúdo da página

PREG divulga levantamento de inscritos no SISU 2017.2

Publicado: Sexta, 09 de Junho de 2017, 11h17

WhatsApp Image 2017 06 02 at 12.03.55 1

A Universidade Federal do Piauí (UFPI), por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PREG) e Coordenadoria de Estatística e Documentação de Ensino (CEDE) divulgou nesta sexta-feira (02) o levantamento de características de inscritos no Sisu 2017.2, Sistema informatizado do MEC no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem, nesta instituição.  

De acordo com a pesquisa, o total de inscrições para a 2ª Edição do Sisu soma-se 103.022 inscritos, sendo que 68.175 candidatos se inscreveram para os cursos de bacharelado e 34.847 para cursos de licenciatura.

Segundo, a Coordenadoria de Estatística e Documentação de Ensino (CEDE), o levantamento mostra a concorrência nos cursos oferecidos nos 5 Campi da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina, Parnaíba, Picos, Floriano e Bom Jesus. De acordo com os dados, os ranking dos 10 cursos mais concorridos são: Medicina (CSHNB/Picos), com 4.532 inscritos para 30 vagas, Medicina (CMRV/Parnaíba), com 3.948 para 40 vagas, Administração (CMPP/Teresina), com 3.840 para 50 vagas, Enfermagem (CMPP/Teresina), 2.722 para 40 vagas, Educação Física (CMPP/Teresina), com 2.941 para 46 vagas, Psicologia (CMRV/Parnaíba), com 3.074 para 50 vagas, Nutrição (CMPP/Teresina), com 2.429 para 40 vagas, Pedagogia (CMPP/Teresina), com 7.234 para 120 vagas, Fisioterapia (CMRV/Parnaíba), com 2.904  para 50 vagas e Enfermagem (CAFS/Floriano), com 1.667 é o décimo mais procurado para o preenchimento de 30 vagas.

O levantamento identifica, também, a quantidade de vagas preenchidas por candidatos, de acordo com grupos e subgrupos ações afirmativas.  Segundo os dados obtidos, 60.653 candidatos se inscreveram na categoria AC (ampla Concorrência) e 42.369 pessoas optaram pela Lei de contas que garante a reserva de 50% das matrículas por curso e turno nas universidades federais e institutos federais de educação, ciência e tecnologia a alunos oriundos integralmente do ensino médio público, em cursos regulares ou da educação de jovens e adultos; autodeclarados pretos, pardos ou indígenas; com deficiência e com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

De acordo com a pesquisa, a procura de vagas foi maior entre candidatos com faixa de idade entre 18 à 24 anos, o que corresponde a 69.119 inscrições. O levantamento aponta, ainda que, a busca dos cursos grande entre o público feminino, abrangendo 61.505 inscrições, que representa 59,70% do total de inscritos.

Segundo os dados coletados pelo levantamento, mostram que  a maioria das inscrições foram de residentes do Piauí, sendo 35.451 inscritos, seguido do Maranhão, com 6.946 e Ceará com 4.692 candidatos inscritos.

 

 
Fim do conteúdo da página