Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > PREG: retificação ao Edital nº 01/2018 relativo ao cronograma do processo seletivo para Ingresso nos cursos de graduação na modalidade presencial
Início do conteúdo da página

CAFS realiza II Seminário de Arte e Cultura

Imprimir
Publicado: Terça, 02 de Janeiro de 2018, 11h12

Conhecer a Arte implica exercitar as habilidades intuitivas de áreas sensitivas do cérebro, das capacidades energéticas do corpo a partir do plano de expressão, num intermitente movimento entre intuição-análises-sínteses como possibilidade de testar hipóteses. Nesse sentido, podemos dizer que há uma intricada relação entre Arte e Ciência. Mas o que é Arte, se não um exercício dos sentidos?

No final do ano de 2017, foi realizado o II Seminário de Arte e Cultura no Campus Amílcar Ferreira Sobral (CAFS), da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Floriano, com o tema “Pós-modernidade, Corporeidade e o Estado do Ser na Cultura e na Arte”. O evento reuniu palestras, oficinas, apresentações culturais com dança e exposições produzidas por alunos do Colégio Técnico de Floriano (CTF).

Foi um momento para envolver as práticas artísticas aos eixos norteadores da aprendizagem em Arte, sob forma de integrar os múltiplos olhares na diversidade das diferentes linguagens, problematizar a relação espaço/tempo da produção artística pelo viés filosófico e antropológico dos sentidos que emergem na Arte do tempo presente.

prof.Luizir Oliveira.jpg

Café Filosófico com o Prof. Dr. Luizir de Oliveira

O seminário se iniciou com um café filosófico proferido pelo pesquisador e Prof. Dr. Luizir de Oliveira. A conversa versou sobre questões do existir/resistir, a razão de ser /estar no mundo moderno, cada vez mais acelerado e dilacerado pelo discurso da tecnologia digital. Questões complexas, mas abordadas numa linguagem acessível ao universo jovem. Houve a participação da Profa. Dra. Shara Janne Costa Adad e da talk show Ligia Risope, que deram segmento às palestras.

O evento contou com oficinas artísticas como: caricatura e charge, quadrinhos, exercício teatral, Sociopoética e Representações do corpo na filosofia. As oficinas foram ministradas por professores de Arte da Prefeitura Municipal de Teresina e Artistas de Floriano, pensadas para exercitar e aproximar os estudantes dos temas problematizados, como: corporeidade, as questões de gênero, a sexualidade e as relações étnicos raciais.

oficina caricatura.jpg

Oficina de Caricatura

Com a parceria da Secretaria de Cultura de Floriano, Movimento Negro e Casa de Dandara, o seminário integrou as comemorações em alusão ao mês da “consciência negra”, com apresentações de performance e denúncia às demais formas de escravização que condicionam a energia corpóreo, sensório-motor na totalidade do existir.

Por meio do SESC-PI e de suas ações que valorizam a cultura local, foi reproduzido o projeto nacional 5 Dança, sub-área do “Corpo­­­_Território”, uma ação criada e coordenada por Hidelgard Sampaio. Assim, ocorreu a exposição de dois espetáculos de dança “A Rosa”, da bailarina, coreografa e performer  Debora Radassi , sob direção de Samuel Alvis e “Um Duo para minha mãe” de Conceição Frota, Denise Stutz e Izabelle Frota.

Na perspectiva de gerar a interdisciplinaridade nas diferentes linguagens artísticas, a UFPI/CTF, firmou parceria com a MEDPLAN, junto aos organizadores do Salão Internacional do Humor. A mostra esteve exposta durante uma semana no Colégio Técnico de Floriano e, logo após, foi deslocada para o Mercado do Cruzeiro, sede da Secretaria de Cultura de Floriano.

Prof-Mary-cartunista-Joaquim--Monteiro-Elineuza-Ramos-secretaria-de-cultura.jpg

Cartunista Joaquim Monteiro, Profa. Antônia Mary e a secretária de Cultura Elineuza Ramos

As  mostras artísticas na modalidade instalação, dança performance foram realizadas por alunos da disciplina de Arte que cursam o Ensino Médio/Técnico. Os trabalhos foram expostos em espaços alternativos e realizados numa abordagem genética dos processos de criação, sob orientação da Profa. Antônia Mary.

A proposta em integrar as produções de artistas profissionais aos processos de experimentação estética dos estudantes, permite não só o exercício da fruição, mas da leitura, escrita e co- criação; sobretudo a compreensão das diferentes visões de mundo em que Arte está inserida. 

IMG-20171202-WA0065.jpg

Fim do conteúdo da página