Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > CSHNB: homologação das inscrições do professor substituto em Nutrição
Início do conteúdo da página

UFPI ganha novos prédios para o Campus Ministro Reis Velloso (CMRV), em Parnaíba

Imprimir
Publicado: Segunda, 16 de Abril de 2018, 12h06

lab eficiencia energica ct 1720180416114444

Foi inaugurado na tarde da última sexta-feira (13), pelo Reitor da UFPI, Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes, o Prédio que abrigará o curso de Medicina, o Sistema de Incêndio e SPDA, e a Caixa d’água de 350 m³. As instalações correspondem a 33% de toda a área construída do Campus.

lab eficiencia energica ct 520180416114941

Caixa d’água de 350 m³

O prédio de Medicina possui 7,400 m², com 30 salas de aula, cerca de 48 laboratórios, salas de professores, auditórios e salas de exposição.

UFDPAR2-3.jpg

Prédio do curso de Medicina

 

Estavam presentes o Magnífico Reitor, Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes; a Vice-Reitora, Profa. Dra. Nadir Nogueira; o Diretor do Campus, Alexandro Marinho; o Senador Ciro Nogueira; o Deputado Paes Landim; o prefeito de Parnaíba, Mão Santa, o Secretário de Saúde, Florentino Neto, professores, técnicos e estudantes.

Durante a solenidade, o Reitor destacou a importância das obras inauguradas e a criação da Universidade Federal do Delta do Parnaíba. “Hoje é um dia muito importante para a Universidade Federal do Piauí, para o Campus Ministro Reis Velloso e para a futura Universidade Federal do Delta do Parnaíba, que foi criada, mas ainda não foi implantada. Estamos inaugurando um conjunto de obras que irão dar uma estrutura a esse campus que vai colocá-lo a nível das melhores universidades federais deste país. Uma infraestrutura de instalações físicas para salas de aula, anfiteatros, laboratórios, salas de administração, de abastecimento d’água, de prevenção de incêndio, então, esse conjunto irá contribuir para que este campus que está se tornando uma universidade, tenha uma estrutura que não fique a dever a nenhuma instituição. Hoje comemoramos também a criação desta universidade, que juntamente com a UFPI irá contribuir bastante para o desenvolvimento do nosso estado”, afirmou.

lab eficiencia energica ct 1620180416114735

Reitor José Arimatéia Dantas Lopes durante inauguração das obras

Para o Diretor do Campus de Parnaíba, Prof. Dr. Alex Marinho, a expectativa é de início de uma nova fase. “Agora nós iremos começar a usar toda a estrutura que foi construída, inaugurada, o curso de Medicina instalado, os alunos, professores e técnicos todos aqui, e agora nós poderemos efetivamente colocar toda essa estrutura para funcionar plenamente”, disse.

lab eficiencia energica ct 1320180416114821

Diretor do Campus de Parnaíba, Prof. Dr. Alex Marinho

O Diretor fala também sobre a expectativa para os próximos anos com a criação da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar). “Esperamos que a Universidade continue com o mesmo ritmo de construção, inovação, de prestação de serviços, de formação de estudantes, de ensino, pesquisa e extensão, com a abertura de novos mestrados e doutorados para o campus. Espero que a gente batalhe e construa de forma mais plena possível a nossa história”, destaca.

Criação da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar)

O Presidente da República, Michel Temer, sancionou a Lei Nº 13.651, de 11 de abril de 2018, que cria a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar). A publicação foi feita nessa quinta-feira (12), no Diário Oficial da União.

A UFDPar é criada a partir do desmembramento da Universidade Federal do Piauí (UFPI). A nova instituição de ensino, com natureza jurídica de autarquia, vinculada ao Ministério da Educação, terá sede e foro no município de Parnaíba, Estado do Piauí. Terá por objetivo ministrar ensino superior, desenvolver pesquisa nas diversas áreas do conhecimento, promover extensão universitária e concretizar sua inserção regional.

Para composição do quadro de pessoal da UFDPar, o Projeto de Lei autoriza a criação de 221 (duzentos e vinte e um) cargos do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, previsto na Lei nº 11.091, de 12 de janeiro de 2005, dos quais 155 (cento e cinquenta e cinco) são cargos de nível de classificação "D" e 66 (sessenta e seis) são cargos de nível de classificação "E".

Confira a publicação do Diário Oficial da União.

Confira a reportagem:

Playerufpdar.jpg

Outras fotos:

UFDPAR-6.jpg

UFDPAR-8.jpg

 

 

 

UFDPAR-9.jpg

 

UFDPAR-23.jpg

 

 UFDPAR2-2.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página