Empresa de Alimentos busca cooperação com a UFPI para inovar produtos

Imprimir
Publicado: Terça, 20 de Julho de 2021, 11h26

Remini20210720102342493.jpg

A partir da direita: o Reitor em Exercício, Viriato Campelo, o diretor da Incubadora INBATE, Lívio Cesar e o assessor da FADEX, Thiago Ravel

O Reitor em Exercício, Viriato Campelo, esteve reunido na manhã desta terça (20) com o diretor da Incubadora INBATE da UFPI, Lívio Cesar Nunes, para tratar sobre futura cooperação da Universidade com a empresa Bem Leve's, sediada na cidade de Santo Antônio de Lisboa-PI, na região de Picos, que está buscando parceria com a Universidade para inovar na produção de alimentos e bebidas confeccionados principalmente com caju e castanha. O prof. Lívio Cesar esteve na sede de empresa para conhecer instalações e processos de produção e trouxe ao Reitor em exercício o relato dessa experiência além de apresentar alguns produtos confeccionados.

Remini20210720113322743.jpg

Viriato Campelo, Reitor em Exercício da UFPI

Viriato Campelo destacou que a parceria a se estabelecer com a Bem Leve´s representa o próposito da gestão de aproximar cada vez mais a Universidade  do setor produtivo para auxiliar empresas a revolucionar seu desempenho no mercado por meio da inovação em produtos e processos. "Essas parcerias também são altamente importantes para o ensino, a pós-graduação e para pesquisa, porque permite aos nossos alunos e pesquisadores a imersão em demandas reais e urgentes do mercado para a produção de novos produtos", disse ele.

WhatsApp_Image_2021-07-20_at_11.51.54.jpeg

Diretor da INBATE, Lívio Cesar, e o aluno de Engenharia de Produção da UFPI, Mauro Cesar (de azul) em visita à empresa com o proprietário Elvis Batista (à direita) e o farmacêutico da empresa, Thalles Cipriano 

A partir da visita do Prof. Lívio ao empreendimento, a empresa relatou que sente a necessidade de inovar para se destacar ainda mais no mercado, por isso está em busca do know-how da Universidade em pesquisa, desenvolvimento e inovação para alcançar essa meta." A parceria com a empresa deve se estabelecer via Fadex, juntamente com a Incubadora da UFPI, INBATE. A ideia do empresário é desenvolver novos produtos dentro da cadeia do caju, na linha da alimentação saudavel. E para isso vai contar com toda a expertise em inovação da Universidade para incrementar seu mix de itens a venda.", explicou o Prof. Lívio Cesar.

Segundo o empresário Elvis Batista, "a Bem Leve´s sempre esteve voltada para a inovação sem abandonar as raízes nordestinas, por isso a busca por parceria com a UFPI, focando na cadeia produtiva do caju".