Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - PROPESQI > Lei da biodiversidade: alerta à comunidade
Início do conteúdo da página

Editais dos programas de iniciação científica e de iniciação em desenvolvimento tecnológico e inovação serão lançados nesta segunda (19)

Imprimir
Publicado: Sexta, 16 de Fevereiro de 2018, 17h05

lançamento editais ufpi.jpg

Para o ano de 2018, os programas de iniciação científica da Universidade Federal do Piauí (UFPI) trazem novidades. A primeira é que será um único edital para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas (PIBIC-AF) e de Iniciação Científica Voluntária (ICV). A outra novidade é a antecipação do lançamento do edital, marcado para esta segunda-feira (19), às 15 horas, no Salão Nobre da Reitoria.

Os projetos poderão ser inscritos de 26/02 a 02/04 e aí entra a terceira novidade: os projetos serão distribuídos pela grande área do conhecimento da Capes, o professor vai se inscrever em uma das nove áreas independente de campus.

FOTO-EDITADA-PARA-O-SITE-I.jpg

Coordenador da Coordenadoria Geral de Pesquisa da UFPI, João Batista Lopes

“O outro ponto que destacamos é que o PIBIC será todo online, a documentação que a gente normalmente pedia em papel o SIGAA vai disponibilizar essas informações para a Coordenação Geral de Pesquisa. Isso vai facilitar muito, teremos diminuição de papel e, naturalmente, vamos contribuir com o meio ambiente, reduzindo o corte de árvores destinadas à fabricação de papel”, informou o Coordenador da Coordenadoria Geral de Pesquisa da UFPI, João Batista Lopes.

A UFPI vai ofertar 210 bolsas para o PIBIC e 15 para o PIBIC-AF e aguarda o lançamento do edital do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para concorrer às bolsas ofertadas pelo órgão. A expectativa é conseguir 221 bolsas do CNPQ e, assim, oferecer um total de 446 bolsas. No ICV, não tem limites de bolsistas.

O coordenador João Batista pede atenção dos professores no momento de leitura do edital. “É importante ler o edital e ver as exigências com relação ao cadastro de projeto passar pelo Departamento, ver se tem ou não a necessidade de tramitar pelos comitês de ética e pesquisa ou na comissão de ética com relação ao uso de animais. No caso do projeto elaborado para o PIBIC, que deve ter duração de um ano correspondente à vigência da bolsa, esse tem que ter a aprovação do Departamento, já projetos aprovados por agências de fomento à pesquisa, esses já são naturalmente aprovados. Quanto aos planos de trabalho, é importante que o professor dê atenção, temos o modelo proposto, veja o cronograma e a importância que tem para o aluno para que o projeto não tenha nenhum problema. Ele vai passar pelo comitê interno e externo, que é um tramite normal e é conhecido de todos que têm participado do PIBIC”, informou.

Seminário de Iniciação Científica

A XXVII edição do Seminário de Iniciação Científica também terá mudanças. O evento será descentralizado e deve acontecer em cada campus no mês de novembro.

Fim do conteúdo da página