Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Imprimir
Publicado: Quinta, 09 de Novembro de 2017, 14h33
imagem sem descrição.

Criado em 2012 como órgão suplementar da universidade pela Resolução n°004/13/CD/CONSUN e, atualmente, ligado a Pró- Reitoria de Pesquisa da UFPI, o Museu de Arqueologia e Paleontologia da Universidade Federal do Piauí (MAP – UFPI) se caracteriza como um museu universitário de caráter interdisciplinar. Teve seu Regimento Interno elaborado e reconhecido pela Resolução n°063/2013 do Conselho Universitário, em 02 de dezembro de 2013. Está inserido no Sistema do IBRAM sob o número SNIIC ES-8396. Das 7 instituições museológicas do Piauí, está entre as duas únicas consideradas aptas pelo IPHAN para oferecer endosso institucional em 2016.

O MAP – UFPI é uma instituição que desde sua criação, trabalha com arqueologia, paleontologia e ciências afins, de forma interdisciplinar, por meio de exposições temáticas, além de atuar como local de pesquisa e acervo. Com o objetivo de potencializar a interação da sociedade com a produção técnica, científica e cultural da UFPI, o MAP consolida sua proposta de articulação entre os diferentes saberes e disciplinas, possibilitando a construção do conhecimento dentro do seu espaço. O Museu, por meio de suas exposições, procura proporcionar aos visitantes experiências únicas, que aliam fruição, lazer e conhecimento, tornando o público protagonista de sua aprendizagem. Dessa maneira, oportuniza a ampliação da atuação docente e da vivência discente, promovendo o intercâmbio de aprendizados.

 
Logomarca220180306115110 


Seu acervo é proveniente de duas vertentes. A primeira é fruto de endossos institucionais a trabalhos de contrato, e a segunda é decorrente das pesquisas institucionais realizadas pelos membros do MAP. Atualmente, o MAP apresenta um espaço expositivo principal, que expõe vestígios arqueológicos e paleontológicos. Para compreender o passado da humanidade, não basta ler a respeito dele. Muita informação sobre os ancestrais da humanidade está depositada em objetos, pinturas e demais vestígios deixados por eles no ambiente em que viviam. A exposição de Arqueologia permite que o visitante observe e analise, de perto, utensílios e manifestações artísticas produzidas, há muitos anos, pelos seres humanos. Na área paleontológica é possível acompanhar um resumo de como a biodiversidade se modificou na Terra desde seu surgimento há bilhões de anos até os dias atuais. O museu recebe também exposições itinerantes. A sua estrutura conta também com auditório e área educativa, os quais são utilizados para realização de atividades como cursos, palestras e oficinas.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página