Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > Fadex: seleção pública de fornecedores Nº 015/2017
Início do conteúdo da página

PET Serviço Social realiza oficina sobre Pedagogia da Autonomia associada à Pedagogia da Problematização

Imprimir
Publicado: Sexta, 19 de Maio de 2017, 18h12

oficina

Aconteceu no período de 05 a 19 de maio, na sala do Pet Serviço Social da Universidade Federal do Piauí (UFPI), a oficina com o tema "A Pedagogia da Autonomia associada à Pedagogia da Problematização nas ações do Pet Serviço Social".

O objetivo do evento foi inserir elementos da Pedagogia da Autonomia de Paulo Freire associada à Pedagogia da Problematização com base no Arco de Maguerez, visando favorecer a participação e a interação entre os sujeitos sociais e institucionais envolvidos no conjunto das ações do PET Serviço Social a partir do paradigma ação-reflexão-ação, numa perspectiva problematizadora, pluralista, dialógica, crítica e reflexiva.

Durante o curso foi realizado os Grupos de Trabalhos: GT 1 -  Formação profissional e cotidiano acadêmico-institucional, com a construção da sistemática de execução do Projeto “InterAÇÃO”: articulando formação profissional e cotidiano institucional; GT2 - Processos de trabalho e garantia de direitos, com a construção da sistemática de execução do Projeto “PET Serviço Social: na luta em prol dos direitos, do pluralismo e da democracia“; GT3 - Problematizando as relações sociais: questões étnicas, com a construção da sistemática de execução do Projeto "Faróis da resistência"; GT4 - Problematizando a violência de gênero, com a construção da sistemática de execução do Projeto "Gênero: uma construção social".

A Profa. Dra. Maria D'Alva Macedo Ferreira, tutora do Programa Educacional Tutorial (PET) de Serviço Social, destaca a atuação da equipe na oficina. “Dentro dos focos de atuação das petianas a partir dos GT's, os referidos projetos compreendem, dentre outras ações, estudo temático com pesquisa e produção de artigos científicos para a participação em eventos científicos locais, regionais, nacionais e internacionais; envio para publicação em periódicos e produção anual do Livro do PET Serviço Social, organização e realização de seminários, palestras, oficinas e rodas de conversas, atividades de extensão universitária e eventos culturais", explicou.

A Profa. Dra. Rosilene Marques Sobrinho de França, que atuou como facilitadora na oficina, fala da contribuição da oficina para formação acadêmica das petianas. "A oficina contribuiu para a construção de uma sistemática de trabalho que favorecerá uma atuação mais efetiva e com maior autonomia das petianas. Também permitirá à professora tutora acompanhar a participação e o envolvimento de cada petiana no sentido de contribuir para o aperfeiçoamento das ações", avaliou. 

Fim do conteúdo da página