Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Bolsas e Benefícios Estudantis
Início do conteúdo da página

Bolsas E Benefícios Estudantis

Imprimir
Última atualização em Quinta, 09 de Junho de 2022, 09h07

 

           As inscrições para os benefícios de permanência (bolsas e auxílios) ocorrem anualmente, no primeiro semestre, com possibilidade de abertura de inscrições no segundo semestre (em caso de disponibilidade de vagas), destinando-se exclusivamente aos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica de todos os Campi da UFPI. 

            As inscrições, a seleção e o acompanhamento dos estudantes são regulamentados conforme critérios estabelecidos no Decreto Federal nº 7.234/2010 e nos Editais da PRAEC, divulgados nas páginas da UFPI (www.ufpi.br) e da PRAEC (www.ufpi.br/praec). É fundamental que o interessado leia os editais com atenção para obter todas as informações necessárias para subsidiar a sua solicitação. Além disso, para ser beneficiário, o estudante deve estar matriculado em no mínimo 4 disciplinas ou ter carga horária de 300 horas (por semestre), além de não ser portador de diploma de curso superior.  

           A PRAEC também oferece serviços de assistência ao estudante e ao servidor da UFPI, para além das bolsas e auxílios, que contribuem significativamente para o sucesso acadêmico do estudante e o bem-estar do servidor, tais como assistência odontológica, pedagógica, psicológica e alimentação nos Restaurantes Universitários.

          Os benefícios de permanência (bolsas e auxílios) oferecidos pela PRAEC/UFPI exclusivamente aos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica (conforme critérios estabelecidos no Decreto nº 7.234/2010 e nos Editais da PRAEC) são:

BOLSA DE APOIO ESTUDANTIL – BAE

Auxílio financeiro no valor de R$ 400,00 mensais, concedido por 24 meses.

ISENÇÃO DA TAXA DE ALIMENTAÇÃO – ITA

Isenção do valor cobrado para acesso aos Restaurantes Universitários.

AUXÍLIO CRECHE – AC

Auxílio financeiro no valor de R$ 400,00 mensais concedido a estudantes com baixa renda familiar que sejam pais ou mães de crianças de até 3 anos e onze meses de idade.

AUXÍLIO RESIDÊNCIA (AR):

Benefício em pecúnia, de fluxo não-contínuo, apresentado via edital, destinado a estudantes em vulnerabilidade socioeconômica, oriundos de outros municípios e/os Estados e que não possuam familiares diretos ou responsáveis legais residentes no município onde está localizado o Campus. A distância entre o município de residência do estudante e o município onde o aluno da graduação do estudante está situado, deverá ser de no mínimo 50 Km (cinquenta quilômetros). O repasse do auxílio é feito mensalmente.
 

BOLSA DE INCENTIVO ÀS ATIVIDADES SOCIOCULTURAIS E ESPORTIVAS (BIASE)

Benefício em pecúnia, de fluxo não-contínuo, apresentado via edital, concedido pelo período de 12 (doze) meses, ao estudante em situação de vulnerabilidade socioeconômica com o objetivo de contribuir com as ações afirmativas e sociais no âmbito da universidade, visando contemplar os 10 eixos estabelecidos pelo PNAES: moradia estudantil; alimentação; transporte; atenção à saúde; inclusão digital; cultura; esporte; creche: apoio pedagógico; acesso. participação e aprendizagem de estudantes com deficiência; transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades e superdotação. Nessa modalidade de benefício é necessário a submissão de um projeto descrevendo os objetivos e embasamentos das ações que serão desenvolvidas pelo estudante mediante supervisão de um professor técnico supervisor. O projeto será avaliado quanto a relevância das atividades para comunidade universitária, contemplando os eixos descritos. O repasse do auxílio é feito mensalmente.

AUXÍLIO INCLUSÃO DIGITAL (AID) 
 
Auxílio Inclusão Digital (AID): benefício disponibilizado por meio de edital, destinado a estudantes de graduação presencial devidamente matriculados em componentes curriculares ofertados pela UFPI (em calendário regular ou especial), que se encontrem em situação de comprovada vulnerabilidade socioeconômica, com finalidade de subsidiar inclusão digital nas seguintes modalidades: Modalidade I: auxílio financeiro em pecúnia para contratação de serviços de internet no modo que atenda ao estudante (satélite, fibra, rádio, dados móveis), softwares e outros, com especificações e valores definidos em edital.  Modalidade II: auxílio financeiro em pecúnia destinado à aquisição de equipamento tecnológico de informação (notebook, chromebook, tablete, computador desktop, outros) e/ou equipamento de Tecnologia Assistiva – TA destinado a estudantes com deficiência, com as especificações técnicas e valores definidos em edital específico. Modalidade III: empréstimo de equipamento do tipo notebook, chromebook ou tablet, com especificações técnicas, configurações técnicas e normatização de uso definidas em edital específico.   
 
AUXÍLIO EMERGENCIAL ESPECIAL (AEE)
 
Benefício pecuniário, disponibilizado via edital, no valor de R$400,00 (quatrocentos reais) concedido pelo período de até 12 (doze) meses, contemplando as prerrogativas da Resolução Nº 076/19 CEPEX/UFPI. O AEE será destinado a estudantes de graduação presencial, público-alvo da educação especial, devidamente matriculado/as em componentes curriculares ofertados pela UFPI (em calendário regular ou especial), com finalidade de subsidiar a permanência desses estudantes em situações de agravantes sociais analisados pelas equipes. Serão contemplados/as para este benefício o/as estudantes que se encontrem em situação comprovada de vulnerabilidade socioeconômica, e que, prioritariamente, encontram-se próximos à conclusão do curso e não recebam outros benefícios pecuniários da PRAEC e da UFPI (exceto AID Internet /Equipamentos e ITA). 

A BOLSA DE INCLUSÃO SOCIAL (BINCS)

A Bolsa de Inclusão Social (BINCS) é um auxílio financeiro de valor correspondente a R$ 400,00 (quatrocentos reais) destinado ao estudante regularmente matriculado na UFPI que presta auxílio acadêmico a um estudante com necessidade educacional especial (NEE) desta Instituição. O auxiliar é indicado pelo estudante com NEE, com quem tenha afinidade e manifeste habilidades para assisti-lo durante o curso.

BOLSA DE INCLUSÃO SOCIAL (BINCS - ESTUDANTES SURDOS)

A Bolsa de Inclusão Social (BINCS-ES) é um auxílio financeiro de valor correspondente a R$ 400,00 (quatrocentos reais) destinado ao estudante regularmente matriculado na UFPI que presta auxílio acadêmico a um estudante surdo, desta Instituição. Para concorrer à BINCS o candidato deve ter habilidades em LIBRAS. 

APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS – APEC

Ajuda de custo para auxiliar nas despesas relativas à participação do estudante em eventos acadêmicos fora do Campus onde cursa a graduação. O estudante deve encaminhar solicitação à PRAEC, com requerimento contendo programação do evento, carta de aceite do trabalho, comprovação da inscrição, histórico escolar e atestado de matrícula, documentação socioeconômica referente a família. O mesmo deve verificar os editais da PRAEC para consulta da documentação e formulários necessários. 

KIT ODONTOLÓGICO

Kit composto por 40 itens permanentes (instrumentos odontológicos) essenciais às disciplinas práticas do curso de odontologia. Os kits são cedidos a estudantes do 4º período do curso de Odontologia da UFPI que entraram pelo sistema de cotas ou estão em situação de vulnerabilidade social, devendo ser devolvido ao final do curso.

KIT LUPAS MANUAIS 

O kit de lupas manuais é um conjunto de lupas que potencializa o desempenho acadêmico de estudantes com baixa visão, auxiliando-os no processo de leitura. O kit lupas é disponibilizado através de termo de cessão com validade até o término do curso.

AUXÍLIO AO ESTUDANTE ESTRANGEIRO:

  • Atendimento Odontológico;

  • Atendimento Psicossocial e Pedagógico;

  • Bolsa de Apoio Estudantil (desde que se enquadre nos requisitos exigidos pelo Decreto nº 7.234/2010 e no Edital da PRAEC/UFPI).

BOLSA PERMANÊNCIA (PBP) PARA QUILOMBOLAS E INDÍGENAS:

Bolsa de R$ 900,00 reais mensais, até a conclusão do curso, paga pelo Programa Bolsa Permanência do Governo Federal (PBP/MEC), com recursos oriundos do FNDE, depositados diretamente na conta do estudante, desde que o mesmo se cadastre no Sistema PBP (bolsas.mec.gov.br) e seja aprovado em seleção socioeconômica (análise documental, entrevista etc) feita pelo Serviço Social da PRAEC/UFPI, após comprovação de sua situação de renda familiar e a descendência quilombola e indígena.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página