Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > Resultado das entrevistas do Mestrado e Doutorado em Políticas Públicas
Início do conteúdo da página

UFPI obtém aprovação para oferecer cursos de doutorado em Ciências Agrárias e Ciências Farmacêuticas

Imprimir
Publicado: Segunda, 08 de Abril de 2019, 17h34

 

DOUTORADO.jpg

 

A Capes divulgou na primeira semana de abril uma notícia muito aguardada pela comunidade acadêmica da UFPI. A Universidade conseguiu aprovação para oferecer os curso de doutorado em Ciências Farmacêuticas, no Campus Senador Petrônio Portella, em Teresina, e em Ciências Agrárias, no Campus Professora Cinobelina Elvas, em Bom Jesus - o primeiro curso de doutorado da Instituição fora da capital. Com a aprovação dos novos cursos, a Universidade Federal do Piauí passa a contar com 19 doutorados. Em seis anos de gestão do Reitor Prof. Dr. José Arimateia Dantas Lopes, esse número mais que triplicou. Iniciamente existiam 6 opções de cursos de doutorado.

 

DOUTORADO-5.jpg

Reitor da UFPI, Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes 

"Nós estamos muito contentes e vamos continuar trabalhando nesse sentido de apoiar a pesquisa e pós-graduação na Universidade. Agora vamos focar mais ainda na qualidade. Quantitativamente, estamos bem. Agora precisamos crescer a nota dos nossos cursos", disse o Reitor Prof. Dr. José Arimateia Dantas Lopes, em reunião no Salão Nobre da Reitoria, que contou com a presença da Vice-Reitora Profa. Dra Nadir Nogueira; do coordenador dos Programas de Pós-Graduação Strictu Sensu, Prof. Dr. Welter Cantanhêde; do diretor do Campus Professora Cinobelina Elvas, Prof. Dr. Stélio Bezerra; e os professores do colegiado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, Professores Daniel Arcanjo e João Marcelo de Castro.

IMG 869120190405125232

Prof. Dr. Welter Cantanhêde/Coordenador de Programas Stricto Sensu


De acordo com o Coordenador de Programas Stricto Sensu da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, a qualidade dos cursos de pós-graduação ofertados na UFPI tem se mantido graças ao trabalho de acompanhamento dos PPGs. ''Por meio de seminários, realizados todo ano, antes do envio de coleta de dados do programa, para fazermos as devidas melhoras antes do envio para a CAPES e também constituímos um comitê de assessoramento da PRPG, composto por professores de reconhecida competência de avaliação da CAPES", disse o Prof. Dr. Welter Cantanhêde.

IMG 871420190405125543

Prof. Dr. Luciano da Silva Lopes/Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas

O curso de doutorado em Ciencias Farmacêuticas da UFPI é o primeiro ofertado na Região do Meio Norte do País, e deve atrair além de farmacêuticos profissionais biomédicos, biólogos, enfermeiros e fisioterapeitas. Com oferta inicial de 15 vagas, o curso deve receber a primeira turma de alunos no primeiro semestre de 2020. Segundo o Prof. Dr. Luciano da Silva Lopes, Coordenador do Programa, a conquista do doutorado foi resultado de uma longa jornada de árduo trabalho de diversos professores que passaram pelo curso e que essa conquista será importante no desenvolvimento de substâncias para novos medicamentos, uma marco na história do PPG, que inicia suas comemorações de 10 anos da primeira turma.

Também está previsto para o primeiro semestre de 2020 o ingresso dos primeiros alunos do Curso de Doutorado em Ciências Agrárias, do Campus da UFPI em Bom Jesus. Serão oferetadas 10 vagas iniciantes nas áreas de concentração: Produção Vegetal e Ciência do Solo. O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias ( PPGCA) é resultado da fusão do PPG Solos e Nutrição de Plantas com o PPG Fitotecnia, que obteve nota quatro em sua primeira avaliação, pela CAPES. Com esse resultado, o corpo docente dos dois programas se reuniu e estudou os indicativos de cada PPG, concluindo que a fusão abriria a oportunidade para pleitear o doutorado. 

WhatsApp Image 2019 04 05 at 12.00.3820190405130148

Prof(as) Dr(as) Luciana Barboza Silva e Elaine Martins da Costa/coordenadoras do Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias

"Estamos muito felizes com o resultado o qual só foi possível devido ao trabalho coletivo de quem faz o PPGCA, da Pro-Reitoria de Pós-Graduação, que sempre esteve conosco nessa empreitada, dando toda assistência à direção do CPCE, que não mede esforços para que a pós-graduação do campus cresça cada dia mais e a Reitoria que está sempre apoiando políticas de incentivo à pesquisa, Seminário de avaliação dos PPGs da UFPI , incentivo à publicação, bolsa produtividade, FINEP, entre outras ações" detalha a Profa. Dra. Elaine Martins, uma das cooordenadoras do PPGCA.

"Hoje nosso sentimento é de alegria e satisfação, cientes da responsabilidade que agora nos cabe. Nesse momento, queremos agradecer a todos que fazem da UFPI uma Universidade de excelência. Agora é trabalhar para o crescimento e efetivação do mestrado e doutorado em ciências agrárias." afirma a Profa. Dra. Luciana Barboza Silva, uma das coordenadoras do Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias.

Confira mais fotos da reuniao sobre os novos doutorados no Salão Nobre da Reitoria: 

 

DOUTORADO-8.jpg

 

 

DOUTORADO-12.jpg

 

 

DOUTORADO-15.jpg

Professor Daniel Arcanjo do PPG Ciências Farmacêuticas da UFPI 

 

DOUTORADO-17.jpg

 

Prof. Dr. Stélio Bezerra, diretor do Campus Professora Cinobelina Elvas, em Bom Jesus

 Confira reportagem em vídeo: 

 

 

PLAY-VIDEO-NOVOS-DOUTORADOS.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página