Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > Teste em animais de ventilador pulmonar compartilhado tem resultado excelente, dizem pesquisadores da UFPI
Início do conteúdo da página

Teste em animais de ventilador pulmonar compartilhado tem resultado excelente, dizem pesquisadores da UFPI

Imprimir
Publicado: Segunda, 03 de Mai de 2021, 16h20

WhatsApp_Image_2021-05-03_at_16.15.02.jpeg

Teste da técnica aconteceu em quatro ovinos

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) testou em animais, pela primeira vez, na sexta-feira (30/04), a técnica que permite o uso de ventiladores mecânicos por até quatro pacientes simultaneamente. Após passar por testes em pulmões artificiais na Maternidade Evangelina Rosa no ano de 2020, a técnica do ventilador compartilhado avança em nova etapa da pesquisa, com a testagem em quatro ovinos durante procedimento ocorrido Hospital Veterinário Universitário (HVU).

O dispositivo está sendo desenvolvido pelo Professor do Curso de Engenharia Elétrica da Universidade, Caio Damaceno, e seus orientandos de graduação, como uma alternativa para diminuir os impactos da Pandemia de covid-19 sobre os sistemas de saúde, com a carência de leitos e de equipamentos para ampliar a assistência a pacientes da doença. A etapa em animais antecede os testes em humanos para permitir o avanço da pesquisa e aprimoramento da técnica.

Como foi o teste em animais - Segundo o Professor Caio Damaceno, os testes apresentaram resultados supreendentes. “Os nossos testes tiveram resultados excelentes e foram mais que satisfatórios. As ovelhas conseguiram respirar muito bem e controladas os parâmetros individualmente. Eram como se fosse quatro ventiladores individuais e nosso objetivo foi de fato consolidado, pois conseguimos parametrizar individualmente, estabelecer uma pressão tanto máxima quanto mínima diferente para cada uma, conseguimos monitorar volume em tempo integral e tudo ocorreu muito bem, conforme o esperado”.

A etapa de teste em animais teve coordenação da médica veterinária e professora do Departamento de Biofísica e Fisiologia, Waldilleny Ribeiro de Araújo Moura, com objetivo de observar a adequação do sistema de ventilação às ovelhas. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética Animal e atendeu a todas as especificidades para garantir segurança, conforto e bem-estar aos animais. Segundo a professora, os ovinos possuem a capacidade pulmonar e peso parecidos com os humanos.

Próxima estapa da pesquisa - De acordo com o professor Caio, o próximo passo é organizar os resultados para submissão ao Comitê de Ética Humano para que, em caso de extrema urgência, possa haver o teste do aparelho em pacientes humanos e iniciar a fase de produção e aprovação na ANVISA para disponibilização para hospitais.



Fim do conteúdo da página