Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > Secretário de Educação Superior do MEC participa da abertura do SIUFPI 2021
Início do conteúdo da página

Secretário de Educação Superior do MEC participa da abertura do SIUFPI 2021

Imprimir
Publicado: Segunda, 29 de Novembro de 2021, 11h54

Cumprindo o compromisso de reinventar e reafirmar a relação com a comunidade interna e a sociedade em geral, a Universidade Federal do Piauí deu início na manhã de hoje (29) à terceira edição dos Seminários Integrados da UFPI 2021. Com o tema “Da interrupção à Recuperação: Reconstruindo Ideias e Práticas na Universidade”, o maior evento acadêmico da UFPI segue até o dia 3 de dezembro. Durante a semana acontecerão cerca de uma centena de seminários, palestras, comunicações e debates.

siufpi 35

Conferência de abertura do SIUFPI realizada na manhã de hoje

Com transmissão pelo Canal da UFPI TV no YouTube e participação por plataformas de videochamadas, a solenidade de abertura da programação geral contou com a apresentação da Camerata Professor Emmanuel Coelho Maciel da UFPI, coordenada pelo Prof. Cássio Martins.

siufpi 7

Apresentação da Camerata Professor Emmanuel Coelho Maciel da UFPI

O Reitor da UFPI, Gildásio Guedes, parabenizou a todos os envolvidos pelos esforços empreendidos na realização do evento, principalmente pelas atuais circunstâncias impostas pela pandemia. “Gratidão a todos que contribuem para manter e realizar as nossas atividades de pesquisa, ensino e extensão. São verdadeiros heróis. A vida sem ciência é uma espécie de morte. E o SIUFPI representa a festa da ciência. Celebramos o prazer de levar além dos muros da nossa Instituição tudo que aqui foi produzido nas mais diferentes áreas do saber. Esta semana triunfa todo o trabalho e dedicação”, destacou.

siufpi 8

Reitor da UFPI, Gildásio Guedes

Em 2021 a UFPI está completando 50 anos de fundação. O Reitor frisou que a sua criação representa um grande marco para a história e desenvolvimento do estado. “A nossa Universidade é uma instituição nova, mas os estudos provam o impacto da UFPI para o Piauí e para o povo piauiense. Aqui estamos reafirmando mais uma vez este papel transformador que a UFPI possui. A 3ª edição do SIUFPI traz respostas para inúmeras perguntas e propicia o surgimento de novas, e é assim que crescemos e construímos uma nova realidade. Olho para o futuro da UFPI com esperança e parabenizo a todos que se dedicam a fazer a UFPI melhor”.

Segundo a Coordenadora do evento, a Pró-Reitora de Extensão de Cultura Débora Dettman, o SIUFPI conta com 4.000 mil inscrições de participação, com 2.287 pesquisadores com trabalhos inscritos. “Este é o maior evento acadêmico do estado. Representa o ápice do calendário acadêmico da UFPI. Mostra a importância da pesquisa e as produções de diferentes áreas. Gratidão por se dedicarem a essas tarefas diante das dificuldades deste ano. Com o fechamento das escolas e universidades, a UFPI buscou priorizar e discutir com a extensão e a pesquisa como poderíamos prosseguir. Estamos plantando o que será colhido. A UFPI será celeiro de novos pesquisadores e graças ao empenho dos professores, servidores e alunos este será um evento de sucesso. 2021 é o ano da reinvenção”, afirmou.

siufpi 2

Coordenadora do evento, Pró-Reitora de Extensão de Cultura Débora Dettman

O evento reúne dez seminários que acontecem simultaneamente: XI SEMEX, XXX Seminário de Iniciação Científica, XIII Seminário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, VIII Mostra de Comunidades, II Seminário de Ensino de Graduação, II Seminário Integrador de Pesquisa e Extensão dos Colégios Técnicos, V Ciclo de Palestras de Pós-Graduação, VIII Seminário de Assistência Estudantil, VI Encontro de Iniciação à Docência e III Seminário de Residência Pedagógica. Cada seminário que integra o evento terá sua programação própria. Confira aqui.

A primeira atividade desta edição do SIUFPI foi a conferência do Dr. Wagner Vilas Boas de Souza, Secretário de Educação Superior do Ministério da Educação. “Tenho uma relação antiga com a UFPI, desde 2014 quando a Instituição venceu o Desafio da Sustentabilidade. Em nome da professora Débora, parabenizo a todos pela realização deste evento que traz à discussão um tema tão atual, necessário e discutido mundialmente. A UFPI se reinventa para construir um futuro melhor”.

Conferência

Qual o papel da Educação Superior no mundo pós-pandemia? Qual a será a realidade do mercado de trabalho no mundo pós-pandemia? Com essas indagações, Wagner Vilas Boas destacou as mudanças e desafios do atual contexto. “Vivemos atualmente uma crise fiscal, com redução de investimentos, que causa impactos no orçamento das universidades. Há, portanto, a necessidade de promovermos ações de eficiência e modernização da Educação Superior nesta nova realidade, como também de criar e aperfeiçoar alternativas de ampliação do acesso e da qualidade da Educação Superior com baixo impacto orçamentário”.

siufpi 14

O secretário detalhou as nove ideias para ação pública na educação no mundo pós-pandemia da UNESCO. Segundo o Relatório do Fórum Econômico Mundial sobre o Futuro do Trabalho (2016), 65% das crianças que entram nas escolas primárias hoje, acabarão por trabalhar em novos tipos de emprego e funções que ainda não existem. Em 2020 o Relatório apontou que a automação deve acabar com 85 milhões de empregos nos próximos anos. Capacidade de aprendizagem; pensamento crítico e analítico; resolução de problemas; criatividade; originalidade e iniciativa; liderança e influência social; uso, monitoramento e controle de tecnologias; persuasão e negociação; são as sete características e habilidades indispensáveis do profissional do futuro.

“O fato é que a Educação Superior atual, os professores e profissionais formados por meio dela, precisam passar por uma grande transformação impulsionada pela tecnologia. A educação do futuro deve ser ágil, flexível, colaborativa, integrada e otimizada ”, avalia Vilas Boas.

Fim do conteúdo da página