Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > Curso Vigilância e Notificação de Zoonoses Neurológicas tem início hoje (22)
Início do conteúdo da página

Curso Vigilância e Notificação de Zoonoses Neurológicas tem início hoje (22)

Imprimir
Publicado: Segunda, 22 de Fevereiro de 2021, 10h42

curso_1_copy.png

Teve início na manhã dessa segunda-feira (22) o curso Vigilância e Notificação de Zoonoses Neurológicas, organizado pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (ADAPI), Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI) e Ministério da Saúde (MS). O curso tem como objetivo melhorar a notificação aos órgãos oficiais das zoonoses que acarretam sinais clínicos neurológicos em animais e humanos, e assim, promover a melhoria da vigilância das enfermidades. Mais de 3 mil pessoas de diferentes estados e até de outros países  participam da formação, que acontece exclusivamente online, gratuita e com emissão de certificado

O professor Lauro César Soares Feitosa, que coordena o evento juntamente com a professora Lilian Silva Catenacci, agradeceu a participação e as parcerias que possibilitaram o curso. “Para mim e para professora Lílian é uma grande satisfação ver todas essas instituições representadas aqui na abertura desse evento tão importante. O evento surgiu de uma necessidade, após as ações planejadas da Rede de Vigilância de Febre do Nilo Ocidental. É uma grande alegria ver a interinstitucionalidade e interprofissionalismo trabalhando em conjunto e em prol da saúde única”, frisou.

Além do professor Lauro César, participaram da mesa de abertura o diretor do Centro de Ciências Agrárias da UFPI, professor Paulo Ramalho, presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária, Anísio Lima, gerente de Defesa Animal da ADAPI, Idílio Moura, diretora do Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí, Walterlene Gonçalves e o representante da SESAPI, Mauro Barbosa.

Após as falas de abertura, foi realizada a primeira palestra do curso, com o tema "Agravos de notificação compulsória do SINAN", com Francisco de Assis Borges Morais, da SESAPI, a segunda palestra será "Por que notificar? Notificações de enfermidades neurológicas no E-Sisbravet", com Cecília Melo Macedo, da ADAPI.

O evento segue até o dia 26 de fevereiro e será transmitido pelo Canal UFPI TV no YouTube. A programação completa pode ser acessada aqui.

São apoiadores do evento o Grupo de Estudos em Biodiversidade (GBIO- UFPI), Grupo de Estudos em Animais Silvestres (GEAS-UFPI), Programa de Pós-graduação em Tecnologias Aplicadas a Animais de Interesse Regional (PPGTAIR), Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI) e o Grupo de Medicina Veterinária Preventiva da UFPI - Comciência.

Fim do conteúdo da página